História

Quase três décadas de atuação

Fundado em 1992, o escritório Dal Pian Arquitetos nasceu como consequência natural dos diversos anos de atividade profissional de Lilian e Renato Dal Pian na Europa, especificamente nas cidades de Londres e Milão.

Na volta a São Paulo, o escritório rapidamente conquistou visibilidade por conta de premiações em concursos de projetos. A primeira delas aconteceu na revitalização do Centro de Poços de Caldas, Minas Gerais, em 1994 (2º lugar), seguida pelos 1os lugares para a Reurbanização do Bairro da Penha em São Paulo, o Centro Cultural da Sanasa em Campinas, o Museu do Saneamento em São Paulo, a nova unidade do Sesc Guarulhos, a sede administrativa da Natura (Nasp) em São Paulo, o Centro Cultural e de Eventos em Paraty e o Complexo Multifuncional junto ao Campus Central da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC).

O constante sucesso nos concursos de arquitetura, tanto públicos como a convite, assim como a atuação nas diversas escalas e temas da arquitetura, tornou-se tradição. O mesmo pode ser dito sobre a constante investigação técnica e a permanente pesquisa, elementos que consolidaram as bases do pensamento que hoje constitui a filosofia da Dal Pian Arquitetos: rigor e sensibilidade.

A vivência no ambiente acadêmico é também um fator relevante da formação desta filosofia: Lilian Dal Pian lecionou na Faculdade de Arquitetura da PUC de Campinas e Renato Dal Pian foi, por quase duas décadas, professor no Departamento de Projetos de Arquitetura na Universidade Mackenzie, em São Paulo.

Os expressivos resultados alcançados pela Dal Pian Arquitetos também derivam da constante busca pela excelência de sua equipe de colaboradores. Entre estes se destaca a arquiteta Carolina Freire, associada desde 2016. Sua sólida experiência profissional no Brasil e por vários anos em Barcelona e Berlim veio a contribuir para a consolidação do pensamento que rege a atuação do escritório.

Sócios

Renato Dal Pian

Graduado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (FAU PUCC), em 1981.

Mestre pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie (FAU MACK), em 2002.

Professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie (FAU MACK), Departamento de Projetos, de 1993 a 2011.

Professor convidado na Faculadde de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie (FAU MACK) no curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em 2020.

Lilian Dal Pian

Graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP), em 1981.

Mestre pela área de Estruturas Ambientais Urbanas, pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP), em 2004.

Professora na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (FAU PUCC), nos Departamentos de Projetos e de Fundamentos, em 1994 e 1995.

Carolina Freire

Graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie (FAU MACK) em 2002.

Mestre pela área de Projetos Arquitetônicos, pela Universidade Politécnica da Catalunha, em Barcelona na Espanha, em 2006.

Pós-graduada em Tecnologia da Edificação pela Escola Politécnica Superior de Edificação em Barcelona na Espanha, em 2009.

Premiações

Prêmio IAB SP 2019 – Prêmio na categoria Edificações – Cultural e Institucional – Projeto Executado – SESC Guarulhos / SP – 34.200 m².

Prêmio AsBEA 2018 – Prêmio Roberto Aflalo, distinção máxima da 10ªedição do Prêmio AsBEA – Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura – pelo Conjunto da Obra do escritório.

1º Prêmio – 10ª edição do Prêmio AsBEA – Categoria Obras Concluídas – Edifícios de Serviços– NASP – São Paulo / SP – 34.000 m² – 2018.

Nomeação para o Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP) 2018 – Prêmio de melhor projeto das Américas pelo Illinois Institute of Tecnology – NASP – Sede Administrativa Natura São Paulo / SP – 34.000 m².

Finalista do prêmio Archdaily Building of the year 2018 NASP-Sede Administrativa Natura São Paulo / SP- 34.000 m² – entre os 5 finalistas mundiais.

1º Prêmio – Prêmio Saint Gobain de Arquitetura – Modalidade Comercial – Edificação Construída – NASP-Sede Administrativa Natura São Paulo / SP – 34.000 m² – 2018.

1º Prêmio – 9ª edição do Prêmio AsBEA categoria Obras Concluídas – Edifícios de Serviços – Edifício Módulo Rebouças – São Paulo / SP – 14.240 m² – 2016.

1º Prêmio – Concurso a convite para o Empreendimento PUCC – Campus Central, Campinas / SP – 36.000 m² – 2016.

1º Prêmio – Prêmio Saint Gobain de Arquitetura-Modalidade Institucional com o Projeto – Centro Cultural Paraty / RJ – 5.836 m² – 2016.

1º Prêmio – Concurso Público Nacional Centro Cultural Paraty / RJ – 5.836 m² – 2014.

1º Prêmio – Concurso a convite para o NASP-Sede Administrativa Natura São Paulo / SP – 34.000 m² – 2011.

1º Prêmio – Concurso Público Nacional –  SESC Guarulhos / SP – 29.000 m² – 2009.

1º Prêmio – Concurso a convite – Museu do Saneamento – 3.220 m² – 2008.

1º Prêmio – Concurso Público Nacional Requalificação do 1º Reservatório de Água Potável e Praça das Águas de Campinas / SP – 8.000 m² – 2003.

1º Prêmio Concurso Público Nacional  Requalificação do Bairro da Penha-São Paulo / SP – 120.000 m² – 1997.

2º Prêmio Concurso Público Nacional – Sede Administrativa – SENGE – Porto Alegre / RS – 10.372,00 m² – 2014.

2º Prêmio Concurso Público Nacional – Sede do Tribunal Regional do Trabalho de Goiás – Goiânia / GO – 49.990 m² – 2007.

2º Prêmio Concurso Público Nacional Teatro – Escola de Artes Cênicas e Corporais da Unicamp, Campinas / SP – 6.750 m² – 2002.

2º Prêmio Concurso Público Nacional Plano Diretor de Restauro da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo / SP – 6.120 m² – 1998.

2º Prêmio – Concurso Público Nacional Requalificação do Centro de Poços de Caldas / MG – 1994.

3º Prêmio – Concurso Público Nacional Moradia Estudantil para a UNIFESP / S.J.Campos / SP – 7.920 m² – 2015.

3º Prêmio – Concurso Público Nacional para o Anexo da Biblioteca Nacional – Rio de Janeiro / RJ – 13.886 m² – 2014.

3º Prêmio – Concurso Público Nacional – SESC Franca / SP – 15.950 m² – 2013.

3º Prêmio – Concurso Público Nacional Teatros de Natal, Natal / RN, 13.100 m² – 2005.

4º Prêmio – Concurso Público Nacional – SESC Osasco /SP – 34.000 m² – 2014.

4º Prêmio – Concurso Público Nacional para a Requalificação Centro Histórico de Sumaré / SP -2002.

5º Prêmio – Concurso Público Nacional – Sede Administrativa CAPES  Brasília / DF – 32.250 m² – 2008.

5º Prêmio – Concurso Público Nacional – Requalificação Centro Histórico de São Paulo / SP – 1996.

Menção Honrosa – 10ª edição do Prêmio AsBEA – Categoria Projetos – Edifícios de Serviços – PUCC Campus Central – Campinas / SP – 37.000 m² – 2018.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional  – Nova Sede do CAU / BR e IAB / DF, Brasília / DF, 4.960 m² – 2016.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Centro de Educação Fundamental – Parque do Riacho, Brasília / DF, 4.300 m² – 2016.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Unidades Habitacionais Coletivas em Samambaia, Samambaia / DF, 5.075 m² – 2016.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Unidades Habitacionais Coletivas em Sobradinho, Brasília / DF- 6.329 m² – 2016.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Casa da Sustentabilidade Campinas / SP – 1.487 m² – 2016.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Campus Diadema – UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo – Diadema / SP – 11.170 m² – 2006.

Menção Honrosa Concurso Público Nacional – Campus Universidade Federal do ABC – UFABC, Santo André / SP – 93.970 m² – 2006.

Menção Honrosa – Concurso Público Nacional de Habitação Social, Edifício Brigadeiro Tobias – São Paulo / SP – 8.250 m² – 2004.

Menção Honrosa – Concurso Público Nacional – Edifício Patrimonial – CONFEA Brasília / DF – 7.400 m² – 1999.

Menção Honrosa – Concurso Público Nacional – Requalificação da Zona Carandiru, São Paulo / SP – 1999.

Prêmio IAB SP 2004 – Obra: Praça das Águas  – Campinas.

Prêmio IAB SP 2004 – Projeto: Casa Brava II – Ubatuba.

Clientes